DIAS DE OUTONO - CLARISSE DA COSTA - BIGUAÇÚ/SC

O que seria dias de outono?

Bucólicas tardes onde o sol se deita no mar e as folhas secas ficam a voar? Ou uma típica sena de novela?

O pai chega cansado do trabalho, toma o seu banho e se joga no seu velho sofá. Enquanto isso a mulher fica na cozinha terminando o seu jantar e seus filhos assistindo um programa na televisão.

Não! Definitivamente não! Os tempos são outros. A mulher não é mais aquela que fica o tempo todo na cozinha.

A mulher estuda, a mulher trabalha, a mulher enfrenta as grandes batalhas da vida. E larga o papel de rainha do lar para ser uma heroína.

Mas afinal, o que seria dias de outono?

Sentir a brisa leve do vento que chega de súbito e bate a porte, e às vezes canta saudosamente? Sentir uma nostalgia e escrever uma carta de um lugar bem comum? Ou dizer aos quatro ventos ‘’eis me aqui’’ como se dissesse ‘’eis me aqui pronto pra amar’’?

Definitivamente, um encontro entre você e as saudosas coisas da vida. Digamos que, uma parte de você que voa livre: e crescendo; e vivendo; e sonhando; e sendo sonhador.

Coisas da vida que vão se modificando com o passar dos tempos.